4

Via-sacra

A quarta paragem do circuito realiza-se na Rotunda de Santa Teresa de Ourém (Rotunda Sul), o local de início da Via-sacra.

 

 

 

Via-sacra no Caminho dos Pastorinhos e Calvário Húngaro
Com início na Rotunda de Santa Teresa de Ourém (Rotunda Sul) e seguindo o caminho habitualmente percorrido pelos 3 pastorinhos, Lúcia, Jacinto e Francisco de Aljustrel até à Cova da Iria, a Via-sacra no Caminho dos Pastorinhos termina no Calvário Húngaro, cuja capela é dedicada a Santo Estêvão, rei da Hungria.

 

As catorze estações da Via-sacra e a capela, oferecidas pelos católicos da Hungria, foram projetadas por Ladislau Marec. A primeira pedra da Via-sacra foi benzida em 21 de junho de 1959 e a primeira pedra da capela em 11 de agosto de 1962. A 15.ª estação, inaugurada a 13 de outubro de 1992, foi oferecida pela paróquia húngara de Lajosmizse em sinal de gratidão pela “ressurreição” da Hungria.

 

 

Antes de chegar à Capela de Santo Estêvão, os viajantes podem ver a “Loca do Cabeço”, onde os três pastorinhos receberam o “Anjo da Paz”, pela primeira e terceira vez (na Primavera e no Outono de 1916).

 

Este é um local de absoluta reclusão, totalmente preservada, onde as oliveiras e as azinheiras definem o espírito do local.

 

O Calvário Húngaro e a via-sacra são um ponto obrigatório para todos os peregrinos que viajam até Fátima, o altar do mundo, em busca de fé de respostas para os seus problemas diários. Este é o local perfeito para rezar e para a introspeção.

 

Mais informações:
Página oficial do Santuário de Fátima www.fatima.pt.

 

 

Foto do Calvário Húngaro gentilmente cedida pelo Apostolado Mundial de Fátima (www.worldfatima.com). Mais fotos em www.fatimaphotos.com.

Horário

Comboio de Fátima -

Tarifário

Comboio de Fátima -